Dicas

Set 09

Paris

Cidade de grandes batalhas, revoluções e do Imperador Napoleão Bonaparte, rica em História e cheia de monumentos que fazem da cidade um lugar único! Sem contar que nela está o monumento pago mais visitado do Mundo, também pudera, a Torre Eiffel é uma construção linda e de tirar o folego de qualquer um! Não posso esquecer de citar, os museus e muito menos os palácios que são fáceis de serem visitados, como o de Versalhes com um mágico jardim.
Vamos então as dicas de Paris! Que vão ajudar você a não perder nenhum segundo na cidade maravilhosa que é Paris!

Transporte.

Cheguei! Paris que alegria! Cidade luz, e muita ansiedade no peito! Quero conhecer tudo, mas para isso preciso primeiro chegar ao centro da cidade e sair do aeroporto! Estava no Roissy Charles de Gaulle, e encontrei algumas opções de transporte público para chegar até o centro da cidade.
Escolhi o trem, ele tem integração com metro, porém se você estiver com muitas malas isso pode ser um problema, existem algumas baldeações e escadarias que estão sempre presentes nas estações! Para quem prefere não correr este desagrado, existe a possibilidade de ir com ônibus.

Minha escolha sempre é o trem por um simples motivo, é mais fácil transitar onde você não conhece, tem todo trajeto escrito nas estações, onde passa ou deixa de passar, além de ser dito o nome de cada estação que se para, coisa que o ônibus não faz e eu sempre fico meio perdida.
Coloquei dois links úteis aqui para compra de transporte público e do trem com algumas dicas adicionais, como mapa das linhas que ajudam a planejar a viagem.

Outra dica muito boa é o PARIS VISITE , uma opção do metro que deixa você transitar o dia inteiro por um preço fixo (existem pacotes com mais dias), você também pode escolher as zonas que quer transitar no dia e pagar mais caro ou barato nesse passe, sem contar que também dão um mapinha da cidade com vários descontos pela cidade o que é bem interessante.
Uma palavra que vocês vão ver muito nos metros ou trens de Paris é sortie que significa saída, eu não falo francês, então demorei um pouco até entender isso.

O metro é todo ligado e depois que se pega o jeito é bem fácil, pode chegar a qualquer lugar da cidade com ele e foi assim que me locomovi por lá.

Os pontos turísticos não são muito longe, eu pegava o passe das zonas 1 até 3 e foi mais que útil! O único dia que não fiz isso foi quando fui a Versalhes, que fica mais longe.

Alimentação.

Mercado, sempre que falo em economia de comida, principalmente na Europa, eu cito o mercado, sempre encontro coisas boas e baratas para comer, e não são coisas para cozinhar, não! São coisas prontas!

dicas paris
Frango desfiado com macarrão, saladas, peixe, coisas ótimas e gostosas! Sem contar os vinhos que podem ser comprados por UM EURO, e chocolates que aqui são caríssimos por 2 ou 3 euros.

Agora se quiser economizar no restaurante, o almoço é mais barato que o jantar, mesmo que seja o mesmo prato! Sem contar que me deparei com lugares que na janta cobravam preço mínimo por pessoa.
O atendimento é difícil! Coisa de esperar MUITO para ser atendido, e fazem como se fosse um favor, raros foram os lugares que pessoal era bem simpático, só vi isso na Champs-Élusées•.

Hospedagem.

O lugar que achei mais legal para gente mais nova, principalmente para se hospedar (bem mais barato) é perto do Moulin Rouge, muitos dizem que é perigoso, mas não vi nada demais e também fica perto da Sacré-Coeur , uma linda basílica que o pessoal jovem fica na escada cantando, bebendo e se divertindo perto do fim de tarde, sem contar as ruelas perto dessa basílica que são bem arrumadinhas, lindas, cheia de restaurantes e com muitas lojas de souvenir que em geral são mais baratos.

Paris

Palácio de Versalhes.

O transporte para Versalhes é muito fácil, não precisa comprar pacote para ir lá. Apesar de ser um pouco longe do centro da cidade, o trem faz isso com facilidade e ainda é decorado como uma biblioteca, lindo lindo!

dicas paris (17)
Só tive um incomodo por lá, comprar os bilhetes no Palácio! Fiquei TRÊS horas na fila, que realmente é quilométrica, sem contar que são duas filas, uma para comprar o bilhete e outra para entrar, logo se for com mais alguém e não conseguir comprar os ingressos antes, deixe alguém na fila do palácio e vá à outra de compra do bilhete, assim economizam tempo.
No SITE tem informações do lugar com preços, eu peguei o pacote que incluía o Palácio (museu) com os jardins e Trianon o Petit e o Grand, paguei 25 euros nos três, porém se você não curte muito museu e belíssimas obras de arte, deve se contentar e MUITO com o jardim, que é apenas 8 euros, e sem filas.

dicas paris
Um lugar que não pode deixar de ser visitado é o jardim do palácio! É coisa de outro mundo e não sai caro, 8 euros vale e muito a pena, o jardim é muito grande e não vá achando que em instantes você vai estar satisfeito, isso é impossível, o lugar é encantador e gigantesco. reserve um bom tempo para isso.
Caso esteja sem tempo, você pode ir direto para os jardins, tem como comprar o bilhete separado direto em sua entrada, porém se quiser ver o palácio e os Grand Trianon e o Petit, acaba pagando mais caro por comprar separado.

dicas paris (12)

Outras dicas.

Andar pela Champs-Élusées é bem gostoso, principalmente para os que gostam de carro, lá concentra várias lojas vitrines, com verdadeiros museus automobilísticos! Entrei em cada uma delas e não me arrependi, entretanto confesso que ao final da rua meus pés já estavam cheio de bolhas e doloridos, a rua é enorme!
Mulheres que gostam de compras em lojas tipo Louis Vuitton, lá é o paraíso, eu não curto muito, mas entrei por ser uma atração à parte, com suas bolsas beirando os 20 mil euros, dei uma olhada me choquei com os preços e saí.

dicas paris
Nessa rua existem vários restaurantes e na sua grande maioria com franceses que te recebem de braços abertos e sorriso no rosto, bem agradável para sentar e fazer uma refeição.

Um lugar que descobri sem querer foi o terraço da Galeria Lafayette, lá você consegue descansar um pouco e ainda tem a vista de Paris privilegiada! Consegue enxergar tudo de cima, é um shopping cheio de marcas boas, com praça de alimentação com fast food e ainda tem esse tesouro escondido!

dicas paris

Não deixe ao menos de passar em frente à Academia Nacional de Música! Uma das construções mais bonitas que já vi, com detalhes dourados e rostos dos músicos mais famosos de antigamente, Beethoven, Mozart, entre outros. Simplesmente linda e como fiz um trajeto bem longo andando, acabei usando as escadarias como pit stop.

dicas paris
Crepes, paninis e waffles não podem ser deixados de lado! Além de serem refeições rápidas para um dia corrido turistando, são extremamente deliciosos e com bom preço!

 

dicas paris

Espero que tenha ajudado a montar seu roteiro para essa cidade linda! Se tiver alguma dica extra ou um dúvida, é só comentar aqui em baixo! Ficarei feliz em responder.
Boa viagem!

 

 

 

 

 

 

Comments

comments

About the Author

Cristina Stilben

Quero conhecer o máximo que o Mundo tem a oferecer e agora tenho mais um motivo para sair viajando por aí! Afinal, agora que virei mãe, preciso apresentar o Mundo ao meu pimpolho! Amo poder inspirar pessoas a viajar, principalmente famílias.

2 Comments

  • chwilowki 15/09/2013 Reply

    Thank you, I have just been looking for info approximately this subject for a long time and yours is the best I’ve came upon so far. However, what about the conclusion? Are you sure in regards to the supply?

  • @DomLeoFM 04/11/2013 Reply

    Uma dica boa é pra se você já está num lugar e não sabe se ele pode ser perigoso: repare se os muros tem muita pixação ou alguma outra depredação. Mesmo que não tenha, olhe se esses muros são altos demais, com arame farpado, cerca elétrica ou qualquer outro sistema de segurança. Se é uma pracinha, as plantas estão bem cuidadas? Mendigos dormindo por perto?
    Parece óbvio, mas essas coisas indicam que o lugar não costuma receber uma proteção das autoridades frequentemente…

Leave a Comment

Blog Cris Pelo mundo - contato@crispelomundo.com.br