Croácia

Ago 26

Guest post.

A Croácia é cheia de encantos mil, então, para não deixar nenhum pedacinho do paraíso de fora, realizei uma viagem que me proporcionou desbravar esse país incrível de norte a sul, leste a oeste, um deslumbre!
Agradeço pelo convite da nossa linda blogueira Cris de compartilhar com vocês um pouquinho de Dubrovnik, uma das cidades medievais mais baladas no momento, no canal Cris pelo mundo. Sou carioca, japa loira e amo viajar. Se caso alguém se interessar por mais dicas da Croácia, poderá acessar o meu blog também, que estarei respondendo duvidas e trocando informações com os leitores: Na mochila da Ninja.

DSC_4521

Dani na Ilha de Lopud

Antigamente, Dubrovnik era uma cidade-republica; juntamente com Veneza, era um dos centros culturais e econômicos mais conhecidos do Mediterrâneo, hoje em dia, segundo a opinião de muitos ‘e, juntamente com Veneza, um dos destinos turísticos mais conhecidos de toda Europa.

Durante o meu planejamento de viagem, percebi que ha muitos voos para Dubrovnik vindo da Alemanha, principalmente Munique, e Inglaterra. Ao chegar ao aeroporto que entendi porque muitos ingleses visitam a Croácia. A British Airlines tem lugar cativo nos guichês das cias aéreas, respondendo por demandas turísticas junto com a Croatia Airlines. Bem, se você ‘e um viajante que gosta de múltiplos destinos, vale a pena conferir as rotas das cias e aproveitar conexões para conhecer outros destinos.

No meu caso, fiz uma curta viagem à Alemanha e Áustria com o objetivo de refazer alguns caminhos que foram corridos em viagens anteriores, assim pude aproveitar 10 dias da viagem em Munique, Salzburg, Hallstat e Alpes Austriacos.

Cheguei a Dubrovnik através da Croatia Airlines vindo de Munique. Os aviões dessa cia aérea não são tão grandes como de outras que os brasileiros estão acostumados a pegar, mas a viagem foi tranquila e segura.

A moeda da Croácia é a kuna, mas no comercio eles também aceitam o euro. Caso a sua escolha seja pegar transporte publico, o viajante precisara das kunas. A passagem pode ser paga dentro do ônibus ou em pontos de venda como: guichês de turismo (um fica em frente ao Hotel Hilton) ou jornaleiros.

Ao pisar no aeroporto de Dubrovnik, peguei minhas malas, retirei um pouco de kunas pelo caixa eletrônico, localizado no hall de entrada do setor de desembarque, e fui para a cidade através do shuttle Atlas, opção mais barata.
Dica: se tiver que voltar ao aeroporto por algum motivo (conexão ou aluguel de carro) vale a pena comprar o ticket ida-volta, porque sai mais barato.

Ha muitos pontos interessantes de visitação em Dubrovnik e em seus arredores e para otimizar o seu tempo, sugiro que pesquise todas as possibilidades de lugares e ordene por prioridades, porque são muitos lugares incríveis e talvez com pouco tempo para visita-los.

De tudo o que eu fiz por lá, posso dizer que gostei muito de ter andado pela muralha medieval, ter pego o teleférico para admirar a paisagem da cidade por cima da montanha, visitado o Museu da Guerra o qual contem detalhes das guerras croatas, principalmente da ultima com a Servia e Montenegro em 1991, de ter conhecido diversas praias tanto na cidade como fora, andar pelas ruelas a procura de novas percepções, descobrir novos caminhos pouco usados pelos turistas, interagir com as pessoas locais e fazer amizades.

DSC_4152

Teleférico de Dubrovnik

 

Mas logico, cada um sabe do que gosta, e eu, gosto de um pouco de tudo, então, planejei a visita de Dubrovnik com 5 noites para que eu pudesse sair satisfeita. Peguei 2 dias inteiros para conhecer as cidades de Kotor e Budja em Montenegro e Mostar na Bósnia-Herzegovina. A meu ver, essas visitas são imperdíveis, amei!

Referente às praias, não se esqueça de levar um chinelo que não escorregue ou uma sapatilha de borracha, caso não se sintam seguros em andar pelas pedrinhas brancas da Croácia. Quase todas as praias são assim, mas isso não te impede nem um pouco de curtir o visual. Sobre a temperatura da agua, sim, ela ‘e gelada, mas nada anormal que te impeça de mergulhar. Bem, sou atleta do mar, então, posso não ser muita referencia nesse assunto porque canso de pegar corrente marítima fria.. kkk.. mas para os mais sensíveis às temperaturas baixas, ha opção do neoprene ou de ficar sentado nas espreguiçadeiras se bronzeando e bebendo alguns drinks.

DSC_4509

Praia de Sunj na Ilha de Lopud

Quem fizer a viagem para as 3 ilhas: Kolocep, Lopud e Sipan, vale a pena gastar um tempinho maior em Lopud para conhecer a praia Sunj. Ela esta badalada devido sua extensão ser de areia e não de pedras. Você consegue comprar o ticket one day mais em conta na loja da Jadrolinija localizada na marina da cidade nova e de lá já partir pra sua viagem. O barco ‘e grande, então, se acordar cedo, pode tomar o seu café da manha com calma e ir direto pro passeio, comprando o ticket na hora. Mas atenção se estiver passando pelo local alta temporada, melhor ter precaução e comprar a passagem de véspera. Pelo que escutei por lá, tudo se esgota rapidamente, então ‘e melhor não bobear pra não perder um passeio encantador.

Outra atividade marítima é o passeio de caiaque em grupo, a visita a Ilha Lokrum, localizada a poucos metros da cidade medieval, e a visita a Cavtat, um recanto ainda não descoberto por todo mundo.

DSC_4694

Passeio em grupo de caiaque.

Mas Dubrovnik não é somente praia, ha muitas construções para visitar como fortes, fortalezas, museus, farmácia-museu, igrejas, palácios… e o bom que fica tudo pertinho, então você consegue otimizar bastante o tempo. Não se esqueçam de olhar para o céu à noite, pude ver algumas estrelas cadentes também.

DSC_4159

Entrada Museu de Guerra

DSC_4556

Vista do portão Ploce, Fortaleza Revelin, marina e fortaleza São João

DSC_4684

Fortaleza de Lovrjenac

DSC_4707

Cavtat

DSC_4334

Muralha de Dubrovnik e vista da Ilha de Lopud

DSC_4653

Vista da muralha de Dubrivnik pela Fortaleza de Lovrjenac

Seguem lugares para visitar na cidade medieval ou próxima dela:
Muralhas
Portao de Ploce
Portao de Pile
Grande Fonte de Onofrio
Pequena Fonte de Onofrio
Fortaleza Sao Joao
Fortaleza Minceta
Fortaleza Lovrjenac
Igreja Ortodoxa
Igreja de Sao Bras
Igreja da Salvacao
Igreja dos Jesuitas
Mosteiro Dominicano
Mosteiro Franciscano
Convento de Santa Clara
Sinagoga e Igreja de Sao Nicolau
Farmacia de 1317, biblioteca e museu
Palacio Sponza
Palacio do Principe
Catedral da Assuncao da Virgem Maria
Porto

Como disse ha muitos lugares fantásticos e históricos a serem desbravados. Obrigada pela atenção e desejo que vocês façam uma ótima viagem! Ate em breve em mais um post amigo compartilhado no blog Crispelomundo. Bjus

Comments

comments

About the Author

Cristina Stilben

Quero conhecer o máximo que o Mundo tem a oferecer e agora tenho mais um motivo para sair viajando por aí! Afinal, agora que virei mãe, preciso apresentar o Mundo ao meu pimpolho! Amo poder inspirar pessoas a viajar, principalmente famílias.

Blog Cris Pelo mundo - contato@crispelomundo.com.br