Estrada Real Paraty Cunha

Primeira parada, Paraty!

 Saímos sábado bem cedinho rumo ao marco zero do Caminho Velho da Estrada Real a nossa ideía é chegar até Ouro Preto, será que dá? Começamos pelo trajeto da Estrada Real Paraty Cunha.

Paraty é lindo com sua arquitetura colonial e um ar cultural irresistível, não é atoa que virou patrimônio da humanidade.

ESTRADA REAL PARATY (2)

Pouco depois de duas horas chegamos à cidade e a primeira surpresa apareceu, estava tudo enfeitado para o carnaval! Um mimo só.

Paramos o carro, fomos bater perna e entramos nas lojinhas de cachaça com vários sabores. Paraty é famosa, principalmente pelo Festival da Cachaça e pela Festa Literária Internacional (FLIP) que acontecem anualmente na cidade.
Continuamos andando pelas lindas ruas e compramos nosso primeiro souvenir, a ideia é comprar um em cada cidade que pararmos, será que dá?


Dali saímos direto para a central de informação ao turista de Paraty e conseguimos algumas informações e dicas para de fato começarmos a tão esperada viagem pela Estrada Real! Chegamos a perguntar sobre as condições das estradas, se as trilhas de fato eram muito difíceis e técnicas, mas a moça do local só soube nos informar que o trecho de Paraty à Cunha estava sofrendo obras para melhoria.


Saímos de lá sem muitas certezas do nosso trajeto, tínhamos apenas as planilhas que havíamos imprimido e informações que o site do Instituto Estrada Real disponibiliza sobre as cidades pelo caminho, pegamos tudo isso e fomos para uma lanchonete reforçar o café da manhã e fazer as últimas considerações do nosso planejamento e daí sim seguir.


Mas antes, vamos ver um pouco do lado histórico da cidade de Paraty?
Fomos até o marco zero da Estrada Real em Paraty, que atualmente fica na Praça do Chafariz, mas originalmente ficava na Igreja de Santa Rita, construída em 1722 e é a Igreja Matriz da cidade. Foi ali que de fato começou a cidade e onde deveria ser o real marco zero da Estrada Real, porém, por ser uma cidade histórica e protegida, várias ruas são fechadas ao tráfego de automóveis e acabaram escolhendo um local mais propício, onde os carros tivessem acesso para começar sua jornada.

estrada real paraty cunha

A cidade é muito bem cuidada e lindíssima, impossível não se apaixonar, mas infelizmente o tempo voava e ainda tínhamos que começar as trilhas, almoçar em Cunha-SP que é a próxima cidade e seguir pelo longo trajeto, vamos?!?
Uhhhullll, começou a trilha! Chão de terra e muito balanço, teoricamente para carros 4×4, mas devido as melhorias já em andamento pela estrada, vimos muitos carros comuns por lá. Continuamos e cada vez mais a cidade ficava para traz, sem nada além da natureza em volta, até que puft, blught, poooinnn…

Igor, acho que você esta carregando uma pedra.
Oi? Deixa parar o carro, vê ai pra mim.
Hiii, não é uma pedra não cara, uma peça do carro caiu.
Que?!?! Na primeira trilha o carro quebrou?? E agora? Vamos voltar..

Levantamos o carro, vimos, tentamos consertar e nada. Decidimos voltar para cidade e tentar procurar um mecânico, demos meio volta e…

DSC_2554

Eiii, para aí! Tem uma peça solta no seu carro.
Pois é amigo, nós sabemos. Estamos indo atrás de um mecânico na cidade.
Pô para aí, sou mecânico posso ajudar.

ESTRADA REAL PARATY (6)

E não sei de onde começou a brotar ferramentas, como se fosse um passe de mágica, não acreditamos e a felicidade encheu nossos corações.
Eu, Igor, Luan e Paulo ficamos esperando por algum tempo, sem acreditar em tudo que estava acontecendo.
Qual a chance do carro soltar uma peça e logo depois você ser parado por um mecânico em pleno feriado de carnaval no meio do NADA querendo consertar seu carro de GRAÇA?
Um anjo nos ajudou e salvou a nossa viagem e ainda se negou receber qualquer coisa em troca, alegando que todos merecem ajuda, ficamos muito felizes e obrigamos ele a aceitar ao menos uma quantia simbólica.
Agora sim rumo às surpresas pelo caminho e bem ansiosos começamos a ver as paisagens mudando a cada quilometro, passamos por dentro de nuvens, lagoa e cachoeiras!

A cachoeira é tão bonita que resolvemos parar pelo menos para molhar nossos pés. A Cachoeira do Pimenta fica no trajeto de Paraty para Cunha quase no final da trilha e tem uma quedinha d’água com uma boa piscininha em baixo, deliciosa para mergulhar.

ESTRADA REAL PARATY (1)

O tchbum ficou para próxima, o imprevisto do carro atrasou bastante e já eram 4 horas da tarde, então simbora que a meta é chegar até São Lourenço ainda hoje, será que dá??

Bora para Cunha almoçar, servidos?

Le contenu vous plaît ? Partagez-le !

Supermarché à Amsterdam -

Arubinha - Rio de Janeiro.

Arubinha - Rio de Janeiro.

Les bienheureux - Carnaval de Salvador.

Carnaval à Salvador.

Noël au Portugal

4 Responses

Ajouter un commentaire

Votre adresse électronique ne sera pas publiée. Les champs obligatoires sont marqués *