Europa

Jul 09

Hoje temos um convidado mais que ilustre para o Blog.
Gentil, divertido e muito talentoso, sem dúvidas vamos mexer a cadeira e viajar junto com ele!
Vinny Bonotto, dono de hits famosíssimos mostra para gente que também sabe viajar e dá dicas ótimas sobre a Holanda!

Vinny Bonotto Amsterdam Holanda (2)

A cidade das bikes

Se você, assim como eu, adora alugar um carro e sair pelas ruas de uma cidade com o intuito de conhecê-la melhor, percorrer cada beco, avenida e estrada que encontrar, saiba que existe uma cidade em que os carros são vistos com muita antipatia e existe uma razão pra isso.
Ela foi feita pra ser explorada de bike… Ou gastando as solas dos seus sapatos mesmo! Estou falando da joia laranja da Europa, a linda Amsterdam.
Cheguei de carro, desembarquei as malas no hall do hotel e fui logo ganhar as últimas horas daquele dia corrido. Cabe aqui uma explicação pela correria, meu filho quebrou o pé esquerdo assim que chegamos ao skate park da cidade, entre hospital, farmácia, compra de muletas etc… levei toda a tarde nessa função, afinal ser pai é padecer no paraíso! rsrsrs.
É dificilíssimo estacionar em Amsterdam, além de caro, as vagas são limitadas nas ruas, o que me levou a procurar um estacionamento e a pagar o que ele não vale, enfim, quem mandou não deixar o carro na locadora ao chegar à cidade, né!?
Depois de me livrar do carango, fui andar pelas ruas próximas ao hotel, dentro do “ring”, ou melhor, perto da badalação. A cidade turística, por assim dizer, é um meio círculo repleto de ruas encantadoras e floridas, belos canais e pontes, e cheia de gente simpática e sorridente. Parece uma festa. Um charme ver as pessoas indo e vindo em suas scooters e bikes, sem a pressa que costumamos perceber nas grandes cidades do planeta.
Bares lindos e lotados, pessoas rindo alto nas calçadas e uma noite que parecia um entardecer eterno, pois o céu ainda estava claro as 21:45, afinal… Verão naquela parte do globo é assim mesmo, noites curtas e dias looooooongos.
E o melhor amigo do verão, obviamente, é uma tulipona de cerveja holandesa, nem tão gelada como a nossa, mas cremosa e densa, como um milk shake dos deuses! Será que é por isso que eles não usam carros? rsrsrsrs…
A comida típica não é um atrativo, mas uma panquequinha de nome estranho e que é vendida em cada padaria, vale cada mordida! Recheada com um delicioso caramelo, mais se parece com um waffle crocante.
Não perdi muito tempo em museus muito loucos, como o Museu da Marijuana ou o Museu da prostituição, que por sinal, são marcas mundialmente conhecidas daquela cidade, fui diretamente ao Red Light District para ver as holandesas de “peito aberto” nas vitrines espalhadas pelas ruas daquele quarteirão, entrei também num dos coffe shops! Não se engane! Não é um café convencional, onde você pode pedir um cappuccino e uns biscoitinhos, é maconha mesmo e de todas as partes do mundo! As pessoas se divertem fumando e conversando alegremente, em clima de festa com seus space cake!!! Bolo de chocolate e maconha! Não se parece nada com aquele da vovó!  Dá onda!! O que é muito revelador no que diz respeito aos nossos pré conceitos sobre o tema.
Vinny Bonotto Amsterdam Holanda (1)
Não pude deixar de conhecer o Museu Van Gogh, afinal sou fã do sujeito, se você gosta de História e de pintura, vale cada centímetro de tela original exposta bem ali na sua frente. Amarelei na entrada da Casa de Anne Frank, pois a fila era enorme e a tarde estava deliciosa! Fiquei sentado na beira do canal e tomei outra cerveja local!
Ruim mesmo é despedir-se de Amsterdam! Parece que “alguma coisa acontece em meu coração”… E fica a certeza de que um dia nos veremos outra vez e daremos risadas gostosas ao vento frio que nos abraça nas ruas da linda cidade laranja!

About the Author

Cristina Stilben

Quero conhecer o máximo que o Mundo tem a oferecer e agora tenho mais um motivo para sair viajando por aí! Afinal, agora que virei mãe, preciso apresentar o Mundo ao meu pimpolho! Amo poder inspirar pessoas a viajar, principalmente famílias.

Leave a Comment

Blog Cris Pelo mundo - contato@crispelomundo.com.br

%d bloggers like this: