América

Nov 26

Pedimos o almoço, o garçom foi super maneiro conosco, sentimos ali que os Chilenos eram MUITO legais!! E adoravam os Brasileiros =p e adiavam os argentinos muito mais que o Brasileiro acha que odeia rsrs

Ele falava bem o português, havia morado no Brasil um tempo e ainda amava capoeira, enquanto esteve aqui.. tinha feito =)
Ele indicou centolla, que era um caranguejo gigantesco e vermelho!! Vinha acompanhado de um óleo com alho quente deliciosooooo, pedimos mais um peixe com guarnições e ceviche, mal comparando é como se fosse uma salada de peixe rsrsrs aiii que coisa mais deliciosa aquela mistura toda!!! MUUUIITTTOOOO BOMMM TUDOOOO
E para completar, eles ainda deram um pisco de cortesia para experimentarmos!! Que é como se fosse nossa cachaça.. mas feita de uva e um pouco mais forte o gosto.. na verdade nem é mais forte.. sei lá nem sei explicar.. não gostei muito, mas beberia de novo em outra ocasião =)
Pedi um refrigerante local para provar e perguntei o sabor, ele disse que tinha gosto de fantasia huahauahuahuah era bem doce, mas gostoso =)
Terminamos de comer e fomos saindo.. mas como somos Brasileiros.. fomos tratados como celebridade.. o Don Augusto, dono do local.. veio falar conosco.. ele nos contou que começou com uma barraquinha no mercado central.. e depois de um tempo foi comprando e comprando até que tomou quase que todo centro do mercado =) praticamente tudo é dele.. brincou um pouco também sobre os Argentinos e disse que o melhor presente que Deus havia dado aos Chilenos, tinha sido a cordilheira hauhauhuaha pois os mantinha separados hauahuahauha
Rimos um pouco e logo nos apressamos para sair! Notamos que a parada tinha ficado sinistraaaaa lá fora!
Parecia cena de guerra, pessoas correndo.. jatos de água.. bombas de efeito moral.. e coisas assim.. fogo na rua.. pessoas gritando.. tava tenso demais!
E com isso ficamos presos fora do Hotel, já que a muvuca maior estava concentrada na entrada dele =p Acabei usando a internet fora do Hotel, sem WI FI pois na rua não tinha e as lojas estavam praticamente todas fechadas para o manifesto!

Fiquei agoniada pois queria saber as repostas da empresa que ficou de resolver, e para entrar em casa e sair daquela “guerra” toda.. tava sinistro.. não conseguíamos ficar de olhos abertos e nenhum segundo sem espirrar, pois com a água tinha um químico..
Andamos e andamos até que chegamos na Casa do Governo de novo e tivemos que parar para pedir uma informação ao guarda.. em plena confusão.. o guarda parou com a melhor intenção do mundo e nos atendeu com uma belo sorriso! Detalhe!! Gabriel estava vestido com calça camuflada e com uma blusa de um cara jogando uma coisa, mas que era uma flor, tipo em protesto.. mas mesmo assim o guarda foi o mais amoroso conosco!

Adoramos isso e continuamos nosso rumo! A cada passo a coisa ficava pior, mais confusões a vista! Até que em certo momento nos perdemos.. todo mundo começou a correr e tive que ir junto..
Água para todo lado .. e manifestantes correndo MUITO.. resultado.. garganta quase fechada de tanta irritação… olhos lacrimejando e vermelhaços.. e água com químico no pé! Corri, corri mas acabei sendo atingida rsrs
Instantes depois nós 4 nos encontramos de novo, e mais pra frente encontramos um senhor tendo um ataque epilético na rua, quase sufocado.. os meninos acabaram ajudando o senhor, no meio do desespero alheio.. gritarias e correrias apenas 4 brasileiros e 3 chilenas que pararam para ajudar  mas tudo acabou bem.. e seguimos para rua de trás do Hotel, tentamos planejar como entrar no bendito, não aguentávamos mais!!!
E ainda era o começo da tarde! Ai meu Deus.. como faríamos?
Matutamos e fizemos um plano de fuga, os manifestantes fizeram de uma maneira, para deixar os guardas tontos.. um grupo gritava aqui, o outro lá e com isso os guardas e “taques” ficavam andando de um lado para o outro.. toda hora se mexendo rsrsrs saímos em acelerado para a portaria e conseguimos entrar, assim que os manifestantes tinham atravessado a rua e se dispersado 😉
Entramos no Hotel e a primeira coisa que fiz foi tentar ver o que tinha sido resolvido em questão do Hotel..

*Continua …*

*Fotos*

Garçom =)
Vista da janela do meu quarto, depois que entrei no Hotel!
Don Augusto.
About the Author

Cristina Stilben

Quero conhecer o máximo que o Mundo tem a oferecer e agora tenho mais um motivo para sair viajando por aí! Afinal, agora que virei mãe, preciso apresentar o Mundo ao meu pimpolho! Amo poder inspirar pessoas a viajar, principalmente famílias.

6 Comments

  • Viajante 28/11/2011 Reply

    O garçom se chamava Mário!

  • Anonymous 29/11/2011 Reply

    LEONARDO FERREIRA:
    Que figura esse Dom Augusto, ele tem cara de tio legal que deixa jogar videogame até tarde! hehehe
    E você Tina, não sossega nem com protesto, Zé-Gotinha, gás e o cambau… Da próxima vez leva um pote de Nutella e joga pro outro lado, quando geral correr pra pegar você foge! hehehe

  • Anonymous 06/12/2011 Reply

    O barato acaba saindo caro né?

  • Cristina Stilben 08/12/2011 Reply

    Se as pessoas honrassem com que se comprometem.. não sairia =p

  • Anonymous 10/12/2011 Reply

    Mas cabe as pessoas também desconfiarem. Se está muito abaixo do preço praticado, devemos verificar a empresa, conferir a ideoniedade da mesma.
    Por isso o barato saiu caro. Quando a esmola é demais, o santo desconfia.

  • Cristina Stilben 10/12/2011 Reply

    Bom pensei que uma empresa grande, renomada.. com vários usuários.. não seria algo que eu pudesse me preocupar..
    Pensei que o Groupon não colocasse qualquer produto para ser vendido, já que tem uma enorme equipe e deveria ser averiguado a empresa incluída antes.. =)

Leave a Comment

Blog Cris Pelo mundo - contato@crispelomundo.com.br

%d bloggers like this: